Este blog foi criado na disciplina de Àrea de projecto com o objectivo de falar de todo o tipo de coisas sobre tubarões como: perigos, espécies, caracteristicas e curiosidades

15
Out 09

Ordem: Orectolobiformes

O maior de todos os tubarões e o maior peixe vivo conhecido, o tubarão-baleia constitui um dos mais comoventes espetáculos nos oceanos. O seu tamanho colossal e grande boca o tornam facilmente reconhecível, podendo ser visto perto da superfície em muitas águas tropicais ou subtropicais do mundo inteiro.

Os tubarões-baleia alimentam-se principalmente de plâncton, embora também comam regularmente cardumes de pequenos peixes e lulas.

Ao contrário dos tubarões-frade, que simplesmente filtram enormes quantidades de água enquanto nadam, os tubarões-baleia sugam ativamente as suas presas antes de filtrá-las com eficácia. Já foram observados se alimentando em grupos em lugares com grande concentração de algum determinado tipo de alimento.

Aparecem regularmente nos mesmos locais e determinadas épocas do ano, provavelmente para aproveitarem o florescimento regular de plâncton e certos acontecimentos, como a desova dos corais. Por esta razão, tornaram-se o centro de uma grande indústria de ecoturismo em algumas partes do mundo, principalmente na costa ocidental da Austrália, onde os mergulhadores fazem fila para ter a oportunidade de nadar junto com estas dóceis criaturas.

Os tubarões-baleia estão protegidos por lei em alguns países, mas são caçados em outros, principalmente em Taiwan e Filipinas.

Mais de 100 tubarões são mortos anualmente somente em Taiwan, o que levanta sérias preocupações quanto ao futuro de um peixe que cresce lentamente e que demora para atingir a maturidade.

Tamanho Máximo: Incerto, mas provavelmente até os 20 metros / mais de 12.000 kg.

Distribuição: Todos os mares temperados quentes e tropicais, exceto o Mediterrâneo. É possível que seja um animal altamente migratório.

Dieta: Zooplâncton, pequenos peixes, lulas.

Reprodução: Vivíparo. Número de crias variado; um exemplar em Taiwan continha mais de 300 fetos, o maior número encontrado em um tubarão.

 

 

publicado por Humor às 18:34

Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
16
17

18
20
21
22
23
24

25
27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos
2009

mais sobre mim
Pesquisar:
 
blogs SAPO